Tenha uma alimentação saudável e resultados duradouros!

Tenha uma alimentação saudável e resultados duradouros!

tereza-nutri

Por TEREZA CRISTINA MASCARENHAS – Nutricionista Clínica e Esportiva Mestre em Saúde e Nutrição pela Universidade Federal de Ouro Preto  Pós-graduada em Nutrição Esportiva pela VP/UNICSUL

 

Vários são os motivos que levam as pessoas a querer perder gordura corporal: melhorar a saúde, aprimorar o condicionamento, melhorar a aparência, dentre outros. Porém, muitas pessoas acabam ultrapassando os limites de um padrão saudável e acabam impondo para si mesmas objetivos cada vez mais intangíveis e se tornam escravas de hábitos alimentares extremamente rigorosos e que não são saudáveis.

As dietas radicais e muitas dietas da moda geralmente são em torno de 800 Kcal a 1000 Kcal/dia, e acarretam em conseqüências drásticas, como:

– Perdas musculares e de líquidos juntamente com a perda de gordura, sendo que mais da metade do peso perdido provém da desidratação e da perda muscular, não havendo lucro algum nisso.

– Perda de força aeróbica – que leva a uma dificuldade do organismo em perder gordura;

– Perda de força;

– Desaceleração do metabolismo – Dietas radicais deixam o metabolismo mais lento! Uma mulher, por exemplo, gasta em torno de 1200 a 1400 Kcal /dia apenas para garantir o trabalho básico do corpo (manter o coração batendo, o pulmão respirando, dentre outras funções vitais internas). É imprescindível satisfazer essas exigências metabólicas. Dá para imaginar o dano causado ao organismo ao fazer uma dieta de 800 Kcal/dia?

– Cerca de 95 a 99% de todas as pessoas que seguem dietas radicais costumam reaver seu peso com “juros” em um curto período!

Dietas da moda geralmente excluem certos alimentos e realçam outros, o que é tão ruim quanto dietas radicais. O maior problema dessas dietas é que elas são desequilibradas em termos nutricionais e podem omitir nutrientes essenciais à saúde!

Algumas mudanças na alimentação podem te ajudar:

Corrija a gordura da dieta: Certifique-se de que na sua dieta prevalecem as gorduras “boas”, como as gorduras ômega- 3 dos peixes (salmão, atum, sardinha, etc), do óleo de linhaça e a monoinsaturada do azeite de oliva, do abacate, das nozes, castanhas e sementes, por exemplo.

Não exclua totalmente nenhum grupo de alimentos da dieta. É importante que a dieta contenha carboidratos (preferir os integrais – pão integral, arroz integral, aveia), proteínas (principalmente as de origem animal – ovo, queijos brancos, iogurtes, carnes magras, frango ou peixes grelhados, assados ou cozidos) e gorduras (principalmente das fontes já mencionadas). Não se esqueça das frutas e das verduras. Devemos comer de 3 a 5 porções de frutas por dia!

Beba água ao longo do dia.

– Evite bebida alcoólica;

Não pule o café da manhã: esse hábito desacelera o metabolismo e a pessoa provavelmente compensa essas calorias com juros ao longo do dia. Ao contrário, tente incluir antioxidantes na alimentação da manhã, como por exemplo, um “suco verde” ou chás!

Controle o açúcar extra na alimentação;

Não passe fome – principalmente quando se pratica atividade física é preciso comer mais, não menos. É importante comer de 3 em 3 horas, para que o organismo não fique resistente em queimar gordura corporal! Muitas vezes esse é o hábito que falta a ser adquirido para fazer diferença!

Evite comer carboidrato após 21h!

Não caia em dietas da moda! Busque sempre o equilíbrio em sua alimentação. Caso precise de ajuda, procure um profissional que respeite suas preferências alimentares, sua rotina e também sua individualidade metabólica. Dessa forma, a alimentação saudável para você será também fácil, prática, gostosa e duradoura!

FACEBOOK TEREZA CRISTINA MASCARENHAS

E VOCÊ, TAMBÉM ESTÁ EM BUSCA DE UM CORPO PERFEITO?